Psicologia – Cognitiva Comportamental

A Terapia Comportamental Cognitiva tem o enfoque não apenas no cliente, mas em todo o ambiente que o cerca, suas experiências e vivências.

As crenças de cada pessoa são construídas desde a infância até a fase adulta e formam a estrutura de cada um, sendo responsáveis por nossos comportamentos e pensamentos.

Muitas vezes emitimos o mesmo comportamento, porém com nuances diferentes e, dessa maneira, acabamos obtendo os mesmos resultados; essa situação nos aprisiona em um círculo vicioso, que (conforme nossas dificuldades, nossa estrutura emocional, dentre outras questões) propicia o aumento desses comportamentos disfuncionais nas mais diferentes situações.

Entretanto, nem sempre nossos comportamentos trazem resultados positivos e podem, em muitos casos, acabar nos prejudicando, pois começamos a fugir da realidade, do enfrentamento, não querendo nos conhecer e entender o que esta acontecendo e o que podemos fazer para termos uma vida mais tranqüila; enfrentarmos melhor as divergências e atingirmos nossas metas profissionais e pessoais.

A Terapia Comportamental Cognitiva é um aprendizado sobre si mesmo, sobre seus comportamentos, sua maneira de perceber e se relacionar com os outros e com o ambiente.

O terapeuta possibilita que o cliente compreenda suas atitudes, suas ações, seu modo de perceber o mundo e se relacionar com ele, enfim, a maneira como esta estruturado.

Dessa forma a terapia possibilita uma readaptação das crenças disfuncionais e dos pensamentos automáticos, promovendo sua reestruturação, de forma não apenas a solucionar as questões e dificuldades mais imediatas, mas sim, a capacitar o cliente na obtenção de resultados positivos em diferentes aspectos e situações de seu cotidiano, possibilitando o alcance de suas metas.

É uma relação de mútua colaboração.

O terapeuta tem um papel ativo durante todo o processo e que foca principalmente a autonomia do cliente.